O futuro da Vila Kennedy só depende de você 

É muito fácil só colocar a responsabilidade dos problemas da Vila Kennedy no poder público. Sem organização, união de forças vai ser muito difícil e quem perde é sempre a população. Em setembro de 2013, o Portal da Vila Kennedy tentou unir pessoas, com objetivo de ir até o poder público para dialogar e tentar novamente trazer investimentos para a comunidade. Só que o individualismo, o compromisso de muitos com políticos, o interesse de outros em se promover e o Fórum Permanente da Vila Kennedy teve poucos dias de vida.

O que tenho observado, são ações isoladas, pessoas indo até algum político ou até o poder público solicitar algo. Só que muitas das vezes tudo isso acaba ficando na publicidade no Facebook e nada acontece. Conversando com muitos moradores, fica claro que a população cansou de ouvir promessas, que cada vez mais não acredita em nada e isso é muito ruim.

Veja o caso do Bairro da Maré, todos conhecem o conjunto de favelas dessa região sofrida do Rio de Janeiro, nos noticiários se fala muito da “Favela da Maré”. Só que essa comunidade é unida, organizada, associações de moradores tem sua força e instituições que garante essa organização. Na Vila Kennedy isso não acontece, é cada uma falando do trabalho do outro e quem organiza a comunidade?

No dia 31/3 a Prefeitura do Rio divulgou que vai construir o Campus Educacional da Maré, no Complexo da Maré, que reunirá em um mesmo lugar seis escolas e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI). Além do Campus Educacional, a região, ocupada pelas forças de segurança do Estado, vai ganhar, até 2016, outras 10 novas unidades. O investimento total é de cerca de R$ 236 milhões e vai atender mais de dez mil crianças em turno único em toda a região da Maré.

Esperei que as Forças Amadas concluíssem a ocupação, mas ainda essa semana estarei na Maré para iniciar o diálogo com os moradores e definirmos juntos prazos e tudo mais que precisa ser feito na região - disse Paes. Veja que interessante, o prefeito vai a região da Maré dialogar com os moradores e na ocupação da Vila Kennedy isso não aconteceu até agora. Não adianta o grupo A, B, C, ou D ir até o prefeito, ao vice-prefeito, ao governador, ao secretário A ou B. O que é preciso é de um documento comum com as reivindicações do povo.

O Bairro da Maré tem duas instituições fortes, que é Observatório das Favelas e a Redes de Desenvolvimento da Maré (REDES). Existe outras, com muitos projetos sociais, esse é o diferencial, que faz com que a comunidade, ganhe muitos investimento, são instituições com o papel de organizar e formar moradores.

Já no nosso caso ainda não temos essa organização, no caso da Maré ela recebeu muitas pessoas de fora, que veio para ajudar a encontrar soluções para os problemas, fazer as pessoas acreditar que um dia melhor existe e isso vem acontecendo. Nós não temos aqui na Vila Kennedy instituições desse porte, pessoas vindo de fora para nos ajudar na organização e construir um novo modelo para melhorar o nosso índice de desenvolvimento humano. Nós não queremos só asfalto ou iluminação, queremos é programas e projetos para a população.

O Portal da Vila Kennedy sempre entregou propostas para que venha investimentos para educação, saúde, emprego, cultura, para políticos que entrevistamos, secretários de governo e em inaugurações em que somos convidados. Só que em muitas das vezes, a resposta é que na VK falta união, participação popular e muitas brigas internas pelo poder local.

Temos que orar cada um na sua prática de fé nesse momento, para que possamos ter a sabedoria, que o individualismo não fala mais alto, que pare com essas brigas políticas, que possamos nos organizar e cada morador possa viver feliz com a sua família aqui.

A população se encontra cansada de ouvir, que vai começar a obra da clínica da família, vai abrir o teatro, que o UPA vai ter médicos, que o transporte vai melhorar e muitas outras coisas.

Sempre que posso falo da Vila Kennedy onde vou, falo da nossa estátua, já que foi através dela que cataloguei 1.000 monumentos de nossa cidade. São 4 anos que criei o site www.monumentosdorio.com.br, um morador que acreditou no seu objetivo, que foi a luta mesmo sem apoio de nenhum político ou instituição e tornou público a sua pesquisa. Falo isso só para citar como exemplo, temos muitos talentos esquecidos na nossa comunidade e chegou a hora dessas pessoas ter uma oportunidade. Veja o exemplo dos jovens que venceu a Taça da Favelas, ali teve a relação mestre e discípulo.

Então se não nos organizarmos, vai demorar acontecer a construção da clínica da família (4 anos esperando), que o teatro vai abrir (1 ano esperando), que vai ter pediatra na UPA (5 anos esperando), que vai vir o CVT (4 anos esperando), o Programa Bairro Maravilha (2 anos esperando), segunda fase do saneamento (3 anos esperando) e isso tudo já publicado em diário oficial.

Não existe diálogo com o poder público, quem perde é a população, o prefeito já deve ter recebido muitas pessoas que vai falar em nome da Vila Kennedy, só que até o presente momento nada acontece. Só quando a população se organizar, participar dando a sua opinião e tendo a informação para cobrar. Ai sim vamos ter muito mais investimentos para melhorar a qualidade de vida do morador.

Agora estamos em um momento novo na comunidade, muitos sonhos, só que sonhar não custa nada e é preciso concretizar. No fala Vila Kennedy (www.vilakennedy.com.br) no início criei o Fala Vila, espaço que a pessoa envia um e-mail escrevendo o que pensa. Agora visite o site, tem um espaço para sugestão, é importante a sua participação.

Mesmo com muitas dificuldades, tenho buscado escrever sobre a história da Vila Kennedy de 1964 até os nossos dias.

Lembre-se que nesse momento a Vila Kennedy precisa de você, isolados não vamos concretizar nada e juntos somos ainda mais fortes.