Vila Kennedy fica sem a linha 394 depois das 8:30 da amanhã

Senhor Renato tem um quiosque na Praça Miami, em frente ao ponto final de linha 394 (Vila Kennedy-Tiradentes) e confirma que despois das 8:30 da manhã a linha se transfere para Coqueiros (Santíssimo).

Depois do fechamanto do Teatro Estadual Mario Lago, agora mais um desrespeito com a popoulação de 150 mil habitantes, que precisa ir trabalhar e a situação é muito grave. O senhor Renato relata que pela manhã, o atraso é de 40 a 50 minutos. Ônibus saindo super cheio, esse filme a população já viu, quando a linha 394 era na época da empresa Oriental e me parece que vamos assistir um novo episódio. Seu Renato relata que essa manhã, observou que o ônibus que deveria sair no horário de 4:20min, acabou saindo por volta das 5:10min e super lotado. E vale lembrar também que a linha 394 no domingo não funciona diz o aposentado Francisco.

A população cansada de ser tratada dessa maneira, começou um abaixo assinado para ser entregue ao Secretário Carlos Roberto Osório e que tome providências. Seu Renato fica indignado, como a empresa retira a linha 394 e nem uma comunicação oficial chega.

A cada ano a situação só fica pior, a linha 853 (Vila Kennedy-Barra da Tijuca), são grandes as reclamações, atraso, falta de ônibus e o pior não ter um ponto de ônibus digno. Para continuar, a linha 784 (Vila Kennedy-Marechal Hermes), a reclamação dos idosos é pela demora, o senhor Valdir, doente renal diz que só tem dois ônibus nessa linha e muitas das vezes ele tem que ir em pé.

Em seguida a linha 811 (Vila Kennedy-Bangu), onde a população utiliza para ir até Bangu, para pagar suas contas, fazer compras, pegar o trem e até mesmo ter seu momento de lazer nos finais de semana. A linha 811, se soma aos problemas da linha 812 (Bangu-Carobinha), que passa pela nossa localidade e o problema são poucos ônibus circulando. Não é fácil para o trabalhador, idoso, estudante, viajar sem conforto, sempre cheio e ainda pagando uma passagem cara.

Esse é o retrato do abandono do poder público tanto na esfera estadual e municipal. Senhores governantes, a Vila Kennedy foi construída com recursos dos Estados Unidos, inaugurada em 20 de janeiro de 1964, pelo então governador do Estado da Guanabara Carlos Lacerda e naquele momento o poder público assumiu a responsabilidade na administração dessa localidade.