Creche Municipal Vila Kennedy

Endereço: Rua Tunis, 46
Cep: 21850-360
Telefone: 3467-2615
Web: http://crechevk.blogspot.com.br

A Creche Municipal Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio, promove ações de integração com a comunidade, buscando melhorar a educação e a qualidade de vida das crianças dentro e fora da estrutura educativa. Essas ações de aproximação têm sido recompensadas nas últimas avaliações do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), em parceria com a Fundação Carlos Chagas e a Prefeitura do Rio, que colocam a creche acima da média das demais do município.

A sala das diretoras da creche, Silvia Regina e Maria Ângela, é um alvoroço nos horário de trabalho. A todo o momento, mães, educadores e outros funcionários entram e saem do escritório, de pouco mais de 3 metros quadrados. Dentro, há uma TV, um sofá, uma geladeira, computadores, e uma mesa redonda abarrotada de papéis de onde surgem as idéias destinadas à creche, aos pais, assim como a toda comunidade. “A gente trabalha em conjunto para dar a essas crianças, em seus primeiros anos de vida, uma educação de qualidade” resume “tia Silvia”, como é carinhosamente chamada a diretora. Durante a semana, a instituição recebe em tempo integral cerca de 230 crianças, entre seis meses e cinco anos de idade.

As atividades desenvolvidas com crianças foram bem notadas em pesquisa do BID] O esforço das diretoras e dos educadores vem dando resultado nos processos avaliativos da Secretaria Municipal de Educação. Silvia mostra que as estatísticas do PPA (Plano Pedagógico Anual), que avalia o desenvolvimento infantil nas creches do Município, têm aumentado anualmente. Outra estatística que orgulha as diretoras é a do chamado BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), cujo programa piloto vem sendo testado para avaliar a educação municipal no Rio de Janeiro. Os resultados da pesquisa nacional, ainda não publicados, saíram em setembro deste ano, com base em dados coletados em 2012. No Rio de Janeiro, as notas obtidas pela creche não poderiam ser melhores. Numa escala de 0 a 7, a integração entre pais e funcionários conseguiu 4,4, pontos contra uma média de 3,3 no restante do município. As atividades desenvolvidas com as crianças, por sua vez, foram notadas 4,2, contra uma média geral de apenas 2,1 . “Ficamos com a nota acima da média das creches que foram avaliadas nesse processo” complementa a diretora adjunta Maria Ângela.

Fonte: http://www.vivafavela.com.br/reportagem/